sexta-feira, 11 de setembro de 2009

O penico ou pinico...

Que maneira de começar um blog, falando de penico...
Toma juizo Dona Nana!
Mas tem uma história atrás disso, senta e leia, lá vem história:
Antigamente, os banheiros não eram como os pipiroom modernos de hoje. Uma vez, quando criança, achei dois penicos embaixo da cama dos meus avós e logo perguntei para a minha avó "não tem bebê, porque dois penicos embaixo da sua cama?".
A boa velhinha ficou vermelha, azul, verde e explicou que às vezes não dá tempo para chegar ao banheiro de madrugada. Como eu era criança e não me importava com isso, sai para brincar e esqueci da história.
Conta a minha mãe, que antigamente, não existia banheiro dentro de casa (principalmente no interior). Era uma casinha bem longe da casa principal e se você era pobre, ficava satisfeito com um buraco no chão cercado de madeira, que depois do numero dois, era jogado terra para não criar odor.
Os banhos eram feitos na cozinha!
Sim, era na cozinha! A minha mãe lembra perfeitamente que existia uma banheira na casa que eles moravam na fazenda e bem no meio da cozinha. Ali eles esquentavam a água no forno a lenha e tomavam banho. Depois com um balde, tiravam a água e limpavam a banheira.
Voltando ao penico, era comum ter um embaixo de cada cama. Caso alguém quisesse fazer o número um e não queria encarar o céu estrelado, o bicho papão, saci pererê e cia, fazia no penico dentro do quarto e quando o galo cantava, jogavam em algum matinho fora da casa.
Hoje não precisamos de penico (graças a deussss), mas essas preciosidades de ágata ou louças são lindos!!!
Ok, concordo que são elefantes brancos, aonde você colocaria um penico dentro de casa?!
Embaixo da cama nem pensar, esconder a beleza do penico?!
Massss como somos criativas, alguma utilidade teria... ah se teria!

13 comentários:

Eliene Vila Nova 11 de setembro de 2009 23:31  

Miga amei a ideia do blog, adoro tudo que é retro.
Só fiquei triste de não estar lá na sala de leitura,buááá.
Mas falando em pinico, deixa eu te contar uma história real: a Tia Ná, segunda esposa do meu avô, sempre foi pra mim uma avó e o que mais lembro da minha infância é o pinico do quarto do meu avô, a Tia Ná sempre me pedia meus chicletes pra colar nos buracos do bentido pinico amiga e isso me fez passar o maior mico da minha vida, coisas de criança.
Um dia na escola fui falar com meus amigos pra me darem os chicletes pois o pinico da Tia Ná tava furado.rsrsrs
Você imagina o mico que passei, até hoje a diretora da escola lembra dessa história, pelo menos o buraco do pinico da Tia Ná ficou tapado,kkkkkkkkkkkkkkkkk.
beijos

KEKA 12 de setembro de 2009 07:40  

Ai, adoro!
já tô seguindo!
e ansiosa pela próxima postagem!
boa sorte na nova casa!
beijocas

MULHER BÁSICA 12 de setembro de 2009 09:07  

hauahuahuahuahuahauhuahauhauhauhuahauauaaaaa...morrrriiiiii...minha vó tem penico até hj...ela é do interior da Bahia e lá tem muito pouco tempo q as pessoas começaram a se tocar q ter um banheiro é legal...hehehe...mas foi uma fase ótima da minha vida... me fez ver a realidade diferente da minha na cidade grande...fora q era uma aventura, fazer o n°2 no mato e limpar com folha...rsrs... ainda bem q passou...
Eu se tivesse um penico lindo faria um vaso de planta lindão...
Bjão

Lourdes Sabioni 12 de setembro de 2009 09:12  

Adorei sua idéia, pois que não escaparei de me tornar vovó mocinha antes dos 50 chegar...he,he,he...Marido não ficou com ciúmes não, ele sabe que eu agradeço ele ser um careca saradinho porque o primeiro namorado já reduziu o estômago mas continua do tamanho de uma baleia...ele já viu fotos do ex no orkut e comentou: Cruz credo, eu te salvei hein minha filha!!!KKKK, quanto ao livro até ele gostou!!! Se quiser a foto do livro me escreve no email para eu te enviar de volta: malu.sabioni@terra.com.br
Beijos...

milu 12 de setembro de 2009 09:59  

Como ja sou seguidora do Manga, e adoro, vim da espiadinha no "Vovo Mocinha"....Amei, ja fiquei freguesa sou a oitava, quero estar sentada bem na frente para nao perder nem um post, pois o sucesso ja esta garantido. Bjs.

A DONA DO MUNDO 12 de setembro de 2009 11:41  

Um luxo!! adorei, vou estar por aqui sempreeeee
Beijo Nana

Paula Pacheco 12 de setembro de 2009 18:03  

Nana, amei o seu novo blog, através do seu antigo e outros blogs que tinham fotos retros/vintage etc...virei fã deles...tanto que postei um dia no "quiz" uma foto dessas. Assim como outrora era uma escrita, hoje a linguagem é tão "dimensional", como é bom recordar ontem e hoje adoro tudo isso, parabens Nana e muitas postagens e comentarios pela frente,estarei sempre por aqui...
bjão
Paula

Tatiana 12 de setembro de 2009 18:35  

Adorei! Estarei sempre por aqui.
Bjs

Gina 12 de setembro de 2009 22:26  

Nana, já sou seguidora desse também. Por falar nisso, tem mais ou menos 1 semana que coloquei oss seguidores no meu. Estou te esperando por lá...
Planejo fazer um post de algo vintage, espero que você não faça antes de mim... rsrs!
Uma coisa já tenho certeza, você administra bem seu tempo, porque manter tantos blogs não é fácil.
Bjs.

Débora Pusebon 13 de setembro de 2009 00:16  

q blog fofo!! q fotos fofas!!! bjokas e sucesso lindona!

Santinha 13 de setembro de 2009 01:45  

ô Nana essa conversa vintage, vovó vou me apaixonar viu???.
Estou vivendo um momento totalmente vintage na minha vida. Deve ser nostalgia ou quem sabe alguma coisa que não vivi, mas tenho saudades... Vintage, retrô, kitch denominações para móveis e objetos de uma época quenos remete a certa nostalgia.
Como todos que freqüentam meu cantinho já sabem, estou reformando meu apartamento. E acredite se quiser; dentro do possível estou totalmente vintage.
Paredes com cores de bala jujuba, pezinhos palito dando graça, muito rosa e azul calcinha...
Meus filhos e meu marido não estão acreditando!!!!
Realmente hoje nas cidades quase não se vem mais ruas de barro, mas lá em Mauá, no meu pedacinho de mato ainda tem. Ou é barro ou é pó. Sempre que posso estou por lá é um contrabalanço nessa vida doida de São Paulo, sem contar que o lugar, a paisagem e seus habitantes me fazem realmente lembrar muito da minha infância.
Quanto ao pinico, se achasse um desses usaria como um belo vaso de plantas.
Adorei seu novo cantinho.
Bjk e bom domingo

Thica 16 de setembro de 2009 14:12  

Miiinina! Dois blogs?! Eu não dou conta! kkkkk
Mas você consegue perfeitamente!

Se eu tivesse um penico, faria de vasinho pra flores dentro de casa.

Beijo.

Martika -Pin up Girlⓡ 21 de novembro de 2010 00:07  

Cheguei no seu blog hoje e estou apaixinada!
Li todos os posts e amei . EStou te seguindo e divulguei no meu twitter
@martikavictor ....
Parabéns !!!

  © Blogger templates Psi by Ourblogtemplates.com 2008

Back to TOP